DSC_0672.JPG

 Júlia Vita é artista e poeta formada em Artes pela Universidade Federal Fluminense. Em 2019 publicou Alga Viva, seu primeiro livro de poemas, pela Editora Córrego (SP). É coautora do grupo de produção poética Laboriosa, existente na cidade de Niterói desde 2017. Com esse grupo gravou o disco Arthus Fochi e os Botos da Guanabara. Possui textos e poemas publicados em revistas virtuais e físicas. Produz videoarte, performance, arte visual e instalação. Trabalha há 4 anos no projeto pessoal Trabalho Doméstico – exposto mais recentemente em 2020 no CMAHO (RJ) – e em obras de cunho político-ambiental, como Floral de Baque (2019), exposto no Espaço Apis (RJ) e no Centro de Artes UFF (RJ).

Contato direto